Arquivo da tag: ressecada

intestino preso como soltar

Intestino preso como soltar

Quem sofre com o intestino preso, vive atrás de maneiras de como resolver o problema, vive procurando alimentos, remédios e chás que melhorem o funcionamento  do intestino.

Mas você já imaginou  que pode não ser só isto, que está fazendo com que o seu intestino não funcione?

Se formos pesquisar vamos verificar que de 10 mil a 100 mil pessoas no Brasil, pesquisam no Google todos os meses, para descobrir uma maneira de resolver a sua constipação intestinal. Isto eu estou falando no Brasil! Se pesquisarmos em todos os países ditos ” modernos”, iremos encontrar números até mesmo mais altos. Oque estará acontecendo?

Será que a nossa alimentação moderna está provocando isto? Certamente, na maioria dos países modernos com uma alimentação industrializada e pobre, mais o stress do dia a dia, faz com que tenhamos inúmeros problemas de saúde e um deles é a constipação intestinal

Mas você já pensou que pode não ser só isto? Eu mesma já atendi vários clientes em meu consultório, que relatam ter uma alimentação balanceada e rica em nutrientes e fibras; e que deveriam estar com o fluxo intestinal, funcionando perfeitamente bem; ou seja indo de 2 a 3 vezes ao dia ao banheiro para evacuar, mas isto não está ocorrendo. Por que será?

Pesquisas recentes

Pesquisadores e cientistas do mundo todo, também estão preocupados com isto! E começaram a perceber que em alguns países, isto não ocorre em um numero tão grande da população.Perceberam que  países da Asia, como china, Japão e outros; e  povos  que para evacuar( fazer coco)  não se utilizam de vasos sanitários  como os nossos; e ficam bastante na posição de cocóras; isto não ocorre!

Como não se utilizam de vasos sanitários como os nossos?

Sim o ser humanos desde os seus primórdios, quando vivia nas cavernas, aldeias, pequenas cidades; não se sentava em cadeiras e sim no chão e sua postura principal para todo o tipo de atividade manual e de trabalho e inclusive para defecar, ele se utilizava da postura de cócoras ou em pequenos bancos baixos e rasteiros ao chão.

Nesta postura tínhamos pernas fortes, coluna forte, musculatura do assoalho pélvico forte. As mulheres tinham filhos na posição de cócoras.

Hoje o homem  das grandes cidades, muitas vezes não conseguem ficar na posição de cócoras, nem por poucos segundos.

Cientistas analisaram e estudaram os povos que mais ficam nesta posição como os orientais, povos nativos, moradores de zonas rurais e perceberam que estes  não tem muitos problemas, de coluna, de postura, de parto, problemas ginecológicos, e de intestino; do que nós que sentamos em confortáveis cadeiras, poltronas e sofás; e evacuamos em sanitários que lembram uma cadeira, ou trono.

cocoras2

AS consequências são doenças articulares e motoras, dificuldades de parto, intestino preso, hemorroidas, incontinências urinárias, prolapsos de bexiga útero e outros.

Sendo assim,  chegaram a conclusão, que a melhor postura para evacuar é a posição de cócoras. Onde  o nosso intestino , cólon, reto e anus, ficam na posição correta para que as fezes sejam eliminadas, sem que tenhamos que fazer  esforço.

defecar-sentado-ou-de-cocoras-634x500

 

Mas como podemos ficar nesta posição para evacuar, em nosso próprio banheiro e sem um grande esforço fisico?

Quero alertar aqui, que jamais subam no vaso sanitário, pois está pratica é altamente perigosa; podendo ocorrer quedas , com fraturas e até mesmo amputação de membros; com a quebra de vasos sanitários.

banquinhodecocoras

Para solucionar este problema, existe agora no Brasil, um pequeno banco que acoplado ao nosso vaso sanitário normal, nos deixará, na posição similar ao de cócoras e com resultados excelentes.

Este banco vai proporcionar:

  • evacuação completa e rápida
  • esforço mínimo necessário
  • melhora da saúde do cólon

Mas não mude somente a postura; mude também os hábitos alimentares. Uma reeducação alimentar e uma consulta ao médico não podem ser descartadas!

 

banquinho-de-cocoras

Agora assista este vídeo e veja mais

 

Para saber mais >>>>>>>acesse aqui<<<<<<<